5/21/2006

Festival Eurovisão - O que foi aquilo?

Não se assuste caro leitor, não vá embora, está mesmo no Portal Pimba, não se enganou no endereço. Ora bem para quem está a estranhar ver aqui esta imagem eu passo a explicar: estes são os vencedores do Festival da Eurovisão deste ano. Se o festival em Portugal ficou marcado pela polémica, o festival internacional não lhe ficou atrás, com os Lordi (na imagem) a vencerem categoricamente o concurso. Esta banda, que segundo os próprios pratica um "hard rock melodioso" (seja lá isso o que for), mostrou a toda a Europa que a originalidade é o que fala mais alto, e enquanto alguns países usaram fórmulas que julgavam vencedoras, como é o caso de Portugal que levou uns novos ABBA, ou a Islândia que levou uma espécie de Britney Spears e a Ucrânia que levou uma cópia de Shakira (bem jeitosa por sinal, o que deve ter sido o motivo para ter a melhor pontuação destes 3), a Finlândia optou por não se deixar levar por esta onda do "popzinho" orelhudo e como não tinha nada a perder (nunca tinha ganho nenhum festival) apostou na originalidade e levou uns "monstros" ao Festival, primando assim pela irreverência, o que se veio a revelar uma boa opção. Isto deve ser encarado como um grito de revolta do público pelo rumo que o festival tem seguido nos últimos anos, o público quer coisas novas, quer ser surpreendido e não quer ver a uniformização musical que se tem levado a cabo neste festival. Quase todos os países cantam em inglês, não há quase nenhuma referência ao país de origem da música, e isso foi finalmente penalizado.
É certo que não me identifico com nenhum destes estilos músicais, muito menos com aquela "coisa" que ganhou, a música é de facto má, mas o que venceu aqui não foi a música, foi a originalidade, o não ceder ao "popzinho" orelhudo que os outros países levaram.
A Finlândia é reconhecida pelo seu metal mais negro, e foi isso que levaram ao festival, sem preocupações se venciam ou não, levaram o que é deles, e era esse exemplo que eu gostaria de ver Portugal a seguir. Já estou a imaginar uma actuação com muitos bailarinos, todos vestidos de garrafão de vinho, dançando em torno do nome maior da nossa música popular - Leonel Nunes - que com o seu orgão numa mão e o garrafão noutra sem dúvida impressionaria o mundo e daria uma imagem bem mais verdadeira de Portugal do que umas Non Stop a cantar inglês.

Uma nota final para os comentários hilariantes de Eládio Climaco, que tal como eu estava estupefacto ao ver os Lordi ganharem o Festival da canção, e que revelando pouca imparcialidade estava a torcer para que os Lordi não ganhassem. Pode não ter sido um grande exemplo de jornalismo, mas divertiu-me imenso!

19Pessoas cantarolaram ao som desta música:

At 5/21/2006 08:32:00 PM, Blogger Justakealook said...

também vi, mas não fiquei surpreendida em absoluto. Desde o inocio, comentava em tom de gozo, era giro e irónico se os monstrinhos ganhassem! E não é que ganharam mesmo?

 
At 5/22/2006 12:58:00 AM, Blogger .ngm said...

o eládio clímaco é um senhor e já não tem muito a provar a muita gente, que é como quem diz, está naquela altura da vida em q já não tem que se preocupar com as "figuras" que faz ou com as "incorrecções " que comete, pelo que acho muito bem q mande bocas, que opine, que se descole claramente de tão ridículo vencedor.

longe vão os tempos em que eurovisão era sinónimo de canções "festivaleiras", de glamour, de abba e de josé cid :(

 
At 5/22/2006 09:48:00 AM, Anonymous Dr. Speed said...

Meus amigos, se querem que vos diga com toda a sinceridade, meteu-me nojo ver esse Eládio Clímaco comentar o festival... Porque será que continuam a por esse Sr. a comentar o festival?... Será que temos que levar com ele todos os anos?... é que parece-me que esse senhor parou no tempo!!
E estes "Monstrinhos" como toda a gente lhe chama, só vieram mostrar a esse Eládio e a todos os que pensam como ele, o porquê de Portugal nunca ganhar o Festival, pois desde o seu inicio que são escolhidas as piores musicas feitas em portugal... e sabem porquê? porque quem organiza, quem escolhe os artistas e as musicas são uma cambada de analfabetos musicais, que de musica não percebem nada e estão completamente parados no tempo... Acordem meus senhores!!!!
E Vivam os LORDIIIIIIIIIIIIIII

 
At 5/22/2006 09:49:00 AM, Blogger Nuno Barros said...

Bem, não como já fiz suficientes posts sobre o eurofestival não vou aqui comentar mais o assunto. vim aqui dar o meu "apoio" ao portal pimba por não ter medo de debater a "low-culture" portuguesa! Adicionei este blog aos links naturalmente. :)

 
At 5/22/2006 09:50:00 AM, Blogger Nuno Barros said...

ah caramba. queria dizer "Bem, como já fiz suficientes posts" naturalmente.

 
At 5/22/2006 01:04:00 PM, Blogger Napoleao said...

O tema de Eurovisão daria pano para mangas. Como já alguém disse anteriormente, o nosso festival da canção ou o que já foi, trata de achar uma representação à partida já vencedora, parou no tempo. Desde as suas estruturas até às pessoas que o elaboram. Porque quando se fala em representar o pais, deveria ser uma representação digna desse nome. Com artistas e músicos Portugueses (Atenção que isto não tem nada de xenófobia, estamos a falar concretamente de uma representação nacional), temas originais e aberto a todos os que quisessem participar nessa onda. Poderia entre portas começar por uma selecção distrital. O júri deveria ser o público em geral! Após a votação, aí sim teriamos uma fiel representação lusa.

 
At 5/22/2006 01:50:00 PM, Blogger Tino_de_Rans said...

Eram esses os moldes do Festival nacional antigamente Napoleão, e nem foi assim há tanto tempo que isso aconteceu a última vez. Conheço um artista que foi à final do festival da canção português em que foi vencedor de várias eliminatórias, e n foi há mais de 5/6 anos. O que agora acontece é que a Rtp anda desesperada por ter uma boa classificação, e assim prefere ao invés de um concurso nacional, escolher uma representante (muitas vezes por convite como foi o caso dos 2Be e da Rita Guerra) que lhes ofereça, na sua perspectiva, garantias de bons resultados. No entanto a aposta em músicas fabricadas segundo receitas vencedoras no passado, nunca se preocuparam em inovar. O Festival europeu devia ser um festival diversificado a nível cultural, e não uma montra da globalização músical. Tem que se valorizar o que é nosso e mostrar a nossa identidade cultural. Porque é que uma das músicas que mais sucesso fez na Eurovisão foi a de Dulce Pontes??? Foi claramente por ser uma música de raízes claramente Portuguesas e extremamente bem interpretada, e apesar de não ganhar fez sucesso por todo o mundo. Por vezes a vitória nem é o mais importante, mas sim a divulgação da nossa cultura ao mundo...

 
At 5/22/2006 04:30:00 PM, Anonymous d said...

E a música da Lucia Moniz tb foi uma das mais bem classificadas. E levava cavaquinhos e tinha partes "tipo folclóricas".

Mas agora já nesses concurso já so falta acabar de fazerm o strip integral, porque com os trapinhos k algumas levam, ui ui....e eu nem me importo mt :P

 
At 5/22/2006 04:33:00 PM, Blogger Nuno Barros said...

Este ano convidaram produtores de confiança (o "vencedor" elvis veiguinha por ex é compositor de alguns genéricos da rtp) e pediram que apresentassem 2 cançoes cada. Eu percebo a estratégia de canção controlada da RTP, mas está a falhar mesmo assim. tem que haver um briefing creativo mais elaborado e uma estratégia concertada com editoras mais acutilante. O problema é que não parece haver editoras portuguesas com poder ou interesse de montar uma forte campanha de marketing.

Uma das melhores prestaçoes foi com a lucia moniz que era semi-etno. a do jose cid teve sucesso pelo refrao multi-linguistico. agora é começarem a somar esses ingredientes e fazer um bom mix tendo em conta os gostos actuais. e principalmente nao cometer o erro de enviar novamente teenagers. já vimos que eles só gostam de shakiras e britney's. é triste dizer isso mas é a realidade. e pagar a estilistas preguiçosos não dá.

Tino pois devia ser mas nao é. é antes uma montra promocional para certas editoras promoverem o seu produto. e depois há o holy grail. que é trazer o eurofestival para casa e fazer dele uma rampa de promoçao turistica. Penso que o ICEP devia era começar dar o seu dízimo para o eurofestival.

 
At 5/22/2006 05:44:00 PM, Anonymous Dr. Speed said...

Portugal é riquissimo em musica... (uma das poucas coisas em que portugal é rico) temos bons artistas, durante o ano chegam-nos aos ouvidos bons temas, mas quando chega a hora de fazer uma musica para a Eurovisão é o que se vê... falta de originalidade, musicalmente muito pobres e as letras, essas nem se fala, sempre o tema tradicional... as desilusões de amor... tudo lamechice. Para quando uns Moonspell (ou não fosse somente o grupo português mais conhecido e com mais exito no estrangeiro), uns Xutos ou uns Blasted? Talvez o primeiro lugar fosse nosso!!!
O mundo está farto de canções lamechas, e viu-se o que aconteceu à França este ano...

 
At 5/22/2006 05:49:00 PM, Blogger Nuno Barros said...

Moonspell ia falhar redondamente (nem eles iriam lá). além de ser muito hardcore falta o factor fun, Lordi só resultou por causa disso ser leve e divertido. Blasted já o disse, oh pá, era a coisa perfeita para levar lá. rock exotico-etno, encenaçao, agradar á juventude. tem tudo para singrar...

 
At 5/22/2006 07:11:00 PM, Blogger Tino_de_Rans said...

Dr Speed...XUTOS??? Se xutos é o melhor que temos para levar à Eurovisão então vale mais estarmos quietinhos no nosso cantinho à beira mar plantado...

 
At 5/22/2006 11:53:00 PM, Blogger pvnam said...

[mini-spam]

-> Borrifem-se para o MONTE DE BANDALHOS!...
-> Reivindiquem o SEPARATISMO na Europa!...


--- O Multi-Culturalismo Local ( ao nível de cada cidade )... produz... um Mono-Culturalismo Global: TODAS ao cidades irão ser dominadas demograficamente pelos Povos( Raças ) de maior rendimento demográfico.
--- Pelo contrário, o Mono-Culturalismo Local ( a existência de Reservas Naturais de Povos Nativos )... produz... um Multi-Culturalismo Global: TODOS os Povos Nativos ( inclusive os de menor rendimento demográfico... ) vão poder ter o SEU espaço no Planeta.

----->>> Todavia, andam por aí muitos OTÁRIOS que não percebem... que... o facto do Monte de Bandalhos ( a Maioria dos europeus -> vulgo Parasita Branco ) promover o Multi-Culturalismo [ Local!!! ]... é tão somente... uma ARTIMANHA BRANQUEADORA ---> na realidade, a Teoria do Multi-Culturalismo [ Local ] produz um efeito curioso: a Ocupação da Europa por outros Povos( Raças ) é considerada um 'Processo Absolutamente Natural'... e não... o resultado da actuação de um Bando de Parasitas... que pretendem andar no Planeta a Curtir À CUSTA DOS OUTROS:

--->> Exemplo 1: O Parasita Branco ( a Maioria dos europeus... ) pretende andar no Planeta a Curtir a abundância de mão-de-obra Servil...... APESAR DE... o Parasita Branco nem sequer constituir uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!
--->> Exemplo 2: O Parasita Branco ( a Maioria dos europeus... ) pretende andar no Planeta a Curtir a existência de alguém que pague as Pensões de Reforma...... APESAR DE... o Parasita Branco nem sequer constituir uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!


O LEGÍTIMO Direito ao Separatismo!!!
SEPARATISMO-50
[ A constituição de Espaços Reserva Natural de Povos Nativos ]

 
At 5/24/2006 12:09:00 AM, Blogger McBrain said...

Sim, a Finlândia tem boas bandas de metal, mas considerar que os Lordi são "o heavy metal mais negro" revela desconhecimento...

Uma cambada de palhaços, é o que são!

Mas enfim... se isto foi o melhor......

 
At 5/24/2006 03:09:00 PM, Blogger Secret Angel said...

Num vi, mas gostei... Foi de arrebentar... ihihihihihihihih

 
At 5/31/2006 06:09:00 PM, Anonymous arnaldo toy said...

cada vez mais o festival da eurovisao e um evento pago por editoras e produtotoras que vem no festival um alvo facil e devido a exposicao que a tv da a todos os artistas que por la passam nao sera preciso envestir muito mais em markiting por parte das ditas editoras e produtoras.
veja-se o caso de portugal nos ultimos anos... de onde vieram os artistas que participaram nas ultimas tres edicoes do festival..? alguem se lembra? desde ja ficam algumas sugestoes: blasted mechanism, santa maria, tino de rans... acho que cada grupo e artista entre estes tres fariam melhor figura cada um a sua maneira. ass: arnaldo toy

 
At 6/08/2006 03:55:00 PM, Anonymous Anonymous said...

Antes de mais nada, acho que portugal nao existe uma verdadeira formaçao musical, e para isso basta ver o top de vendas e logo ser percebe disso! As massas nao teem um sentido de tolerancia para ouvir outros estilos mais ou menos "comerciais" mas nao e por isso que deixam de ter o seu valor!
Aprecio bastante atitudes musicais nacionais do tipo Cebola Mole, Jaimao, Marco Horacio, Comme Restus, Ze cabra e muitos outros, as ditas massas comecem a ver o que realmente pode ser exemplo de mau musicos ou de ma musica! Aprecio bastante este tipo de trabalhos! E louvo isso.
Em Relaçao aos LORDI, foi com muito orgulho que vi respresentado um estilo musical quer as pessoas gostem ou não tem muita tecnica, musical, quee ultrapassa os simples do-sol ou sol-do!
Voltando aos LORDI, aconselho procurar a pagina oficial da Banda. Agora voltando ao Festival, lembrem-se das votaçoes e quis os paises que votaram, nos LORDI, pode significar uma coisa, ou alteraçao social(votaçao por SMS), talvez pelas crinaças, mas tambem podera ter em consideraçao de serem Paises intectualmente(maior e melhor formaçao musical!) mais desenvolvidos e querem ver uma reforma do eurofestival. Podera Ser!?

 
At 7/07/2006 03:02:00 PM, Anonymous Metalhead said...

Eu acho k os Lordi mereceram ganhar, visto que aquilo é sempre a mesma porcaria desde 1910... so musica d m€rd@! nao é que os Lordi sejam perfeitos, mas foram a unica banda (na ascençao da palavra) k foi la! cada um tocou o seu intrumento.
Penso que a ideia primordial deles, é chocar o publico, ser irreverente, duma maneira bem disposta!
ah e sim, vieram dar um folego ao metal, que estava tanto a precisar! =D

 
At 10/14/2006 12:00:00 AM, Anonymous Anonymous said...

Meus caríssimos...
Eu tive vergonha de ver o festival da canção e porquê?
Primeiro, porque estou cansado de ver o meu país levar o que de pior tem, só porque um bando de intelectuais acham que são uma autoridade musical em Portugal. Este ano foi uma estlista que deu o seu contributo para levar o raio da imagem, na vez da música, que se continua a apostar. Também foi vergonhoso ver o Sr. Eládio Clímaco a demonstrar que é totalmente quadrado e que já devia ter sido substituído à uns anos. Além disso aqueles "não há nada a fazer..." bem... e aqueles "só podem ter sido os míudos"... WAKE THE HELL UP!!! O povo falou, os Lordi ganharam! Apresentaram algo original, foram eles a tocar, não repeteriam as baladas que são apelidades de música festivaleira, que no fundo não se difere. Meus caros, a Europa escolheu, Heavy Metal is the Law! E não me venham como aqueles "fofos" dos programas matinais a dizerem que eles são "satánicos"... porque na sua santa ingorância desconhecem a música dos Lordi que se chama "Devil is a Loser".
Hail Lordi!
Portugal nunca vai singrar, o festival do ponto de vista português, não é para músicos profissionais... heh, o melhor que temos por cá, vai continuar a apostar no estrangeiro onde é bem recebido. Quem sabe, talvez para o ando não consigamos apurarmo-nos mas com um melhor resultado, talvez com a Floribela ou o José Malhoa?

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

eXTReMe Tracker