2/01/2006

Sugestão literária

Porque Pimba n é só música, deixo-vos aqui uma sugestão literária. O texto foi retirado na integra do blog Contra Culturalmente e fala de um livro de Eurico Cebolo, o mítico criador dos livros Piano Mágico, Guitarra Mágica, etc.


Inicio de transcrição:

Bem, sinceramente, por muito que poderia escrever aqui, nunca seria capaz de fazer justiça à magnitude desta obra de Cebolo. Assim sendo, nada como o próprio Cebolo para descrever esta obra. Aqui vai o texto incluido no prefácio:

"CASEI COM A MINHA IRMÃ" é um romance onde o espírito criador, a capacidade de imaginação e a grande versatilidade cativam o leitor que, entrando nesta teia tão bem urdida, estará sempre ansioso pela página seguinte. Num estilo muito próprio, sóbrio e sem quaisquer rebuscamentos, deliciamo-nos com a pureza de linguagem de um Eça, a fecundidade de ideias de um Camilo e o encanto e simplicidade de um Torga. Em CASEI COM A MINHA IRMÃ" é burilada uma estória que poderia ser verídica e ter acontecido em qualquer tempo e lugar. Maria Alice perdeu a mãe, tragicamente, e apaixona-se pelo filho da patroa, que a expulsa. Mais tarde é dada como morta no desastre ferroviário de Alcafache e o rapaz que a desonrou casa com a própria irmã."

Não estão ainda convencidos da qualidade de Casei Com a Minha Irmã? Convido-vos então a ler este pequeno excerto:

"[Maria Alice] embrenhada nestes tristes pensamentos, e sem saber que rumo dar à vida, nem se apercebeu que um indivíduo com todo o aspecto de marginal se sentara no mesmo banco que ela ocupava e a mirava, descaradamente. Receosa, olhou de soslaio tentando descortinar as intenções do homem; este, como se lesse o seu pensamento, logo lhe tirou qualquer dúvida com as palavras que lhe dirigiu:

- Olá, pombinha! Esperavas alguém que te fizesse companhia? Tens sorte, já que eu ando à procura duma chavala que queira curtir comigo. Manjei logo que és boazona e se quiseres alinhar numas curvas não te arrependerás porque eu sou capaz de dar a volta ao capacete à mais pintada - falando assim o tunante foi-se aproximando até se encostar a ela.

A rapariga, cheia de medo por aquilo que escutara e pelo mau aspecto do rapaz, fez menção de levantar-se suplicando:

- Por favor, deixe-me em paz. Engana-se no que pensa de mim. Sou uma moça séria a quem a desgraça bateu à porta.

- Ora, minha linda, sem tangas; dizeis sempre isso, mas andais sempre todas ao mesmo; eu já topo o vosso paleio - e o vadiola pôs-lhe um braço pelos ombros.

Revoltada, ela pregou-lhe um safanão e aproveitando o seu desequilíbrio correu para fora do jardim. Olhou para trás, e vendo que ele não desistia de a perseguir, na ânsia de lhe escapar, imprudentemente, tentou atravessar a rua. Em tão má hora que foi colhida por um automóvel que circulava a grande velocidade. Ouviu-se uma travagem brusca acompanhada de estridente chiadeira de pneus. Tudo em vão e num ápice, já que o condutor não conseguiu evitar o acidente. O choque deu-se com muita violência. O corpo da desditosa criatura, projectado alguns metros pelo ar, estatelou-se no outro lado da larga via..."


Qual Eça, qual Torga, qual Camilo! Eurico A. Cebolo ao Panteão Nacional!
Podem adquiri-lo aqui

10Pessoas cantarolaram ao som desta música:

At 2/01/2006 06:10:00 PM, Anonymous ricardo a. said...

é impressionante a mutabilidade da personagem masculina, tão depressa usa uma linguagem vulgar "...ando à procura duma chavala que queira curtir comigo. Manjei logo que és boazona e se quiseres alinhar numas curvas não te arrependerás porque eu sou capaz de dar a volta ao capacete à mais pintada" mas logo a seguir parece um gentleman "...dizeis sempre isso, mas andais sempre todas ao mesmo..."

muito bom! :)

 
At 2/01/2006 08:28:00 PM, Anonymous daddy cool said...

Então? Aqui o E.A.Cebolo já não se dedica à musica?

 
At 2/01/2006 08:39:00 PM, Blogger casa said...

Este blog é brilhante. Já linkei em http://casadocabeca.blogspot.com/

 
At 2/01/2006 09:57:00 PM, Blogger Tino_de_Rans said...

Muito obrigado pelo elogio Casa (que raio de nome) espero contar com a tua visita regular.

 
At 2/02/2006 11:00:00 AM, Anonymous Anonymous said...

Casa do cabeça é a casa onde um grupo de jovens se costuma juntar. Cabeça é apenas a alcunha do dono. :)

 
At 2/02/2006 04:18:00 PM, Blogger Tino_de_Rans said...

Há é um Kabeças em Leiria, que também é uma bela figura típica :)

 
At 2/02/2006 09:09:00 PM, Blogger Carca said...

Obrigado pela referência ao Contra e aproveito para te puxar as orelhas! Casa do Cid nº 2 sou eu! Queres um dístico, pede ao staff do CidMania! Vê lá se queres que eu vá chamar o Kabeças e o Vanessa para tratarem de ti...

 
At 2/02/2006 11:01:00 PM, Blogger BabedoBabe said...

~Há tanto tempo que não ouvia falar do eurico cebolo! essa figura mítica! jovem garboso, pelas fotos nos seus livres de música! ai! ai! ;)

Mais uma vez o Portal se torna um sítio incontornável! Parabéns!!!!!!

 
At 2/03/2006 12:52:00 AM, Blogger Tino_de_Rans said...

Carca eu pedi...mas n me arranjaram nada, o blog axo que foi descontinuado. No entanto eu n poderia deixar de participar e olha...roubei-te o distico. No entanto n me pesa na consciência pois foi por uma boa causa!

Babedobabe (mais uma vez um nome curioso), obrigado pelo elogio. :)

 
At 2/03/2006 09:57:00 PM, Blogger W. said...

Falarem no mesmo comment de José Cid, do Vanessa e do Kabeças é muito mito junto! Para completar a trilogia Leiriense, só falta mesmo o Lagoa, ou a versão mais fina, o Manel dos Filipes!

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

eXTReMe Tracker