4/05/2006

Downloads ilegais - Comentem

É uma questão que está a ser discutida mais que nunca, a dos downloads ilegais feitos na internet. É uma questão que como é óbvio não me é indiferente, pois eu como qualquer outro usuário da internet já fiz, e continuo a fazer downloads ilegais. Serei eu um criminoso por isso? Estarei a cometer eu um crime ao publicar aqui as músicas de artistas, que sem este espaço, a maioria das pessoas nunca teria sequer ouvido falar? É óbvio que alguns destes artistas me chegaram às mãos através da internet, e não obstante esse facto, divulgo-as. Mostrando assim ao mundo artistas que passaram uma carreira, por vezes de mais de 45 anos, na sombra vivendo de arraiais populares e recebendo ninharias da venda dos cds/cassetes/etc, serei eu um criminoso? Não me parece. Sinto que faço serviço público, ajo de boa fé, sem ter como objectivo o lucro. Aliás, este blog tem-me saído bem caro, pois tenho comprado cassetes e vinis ultimamente que me levam toda a mesada, mas faço-o com gosto, procurando divulgar uma parte específica da cultura portuguesa.
Hoje foram entregues no ministério público as primeiras 28 queixas crime contra desconhecidos, uma gota de água no oceano imenso que é o p2p. É praticamente unânime a opinião que isto não vai dar em nada, é mais um caso de "show off" por parte das asssociações dos direitos de autor, com vista a "acobardar" quem faz downloads de música pela net, mesmo que isso seja a única forma de pessoas com fracos meios económicos ouvirem música. Falando no meu caso, se não fosse a internet não teria conhecido certos músicos, tendo mais tarde comprado o cd original, coisa que faço regularmente dos músicos que aprecio. Não é por acaso que os artistas que aqui aparecem vêm acompanhados com fotos das capas, e não as tiro da net, digitalizo-as eu, porque tenho os originais. Eu como estudante de design gráfico é claro que esse é um factor a que sou sensível na compra de um cd, adoro ver um cd com uma boa capa. Esse é pra mim um dos grandes trunfos para diminuir os downloads ilegais de música e filmes - as capas. Para mim não tem sentido comprar um cd ou um dvd se a capa não for boa. Vou dar-vos dois exemplos: comprei aqui há dias o dvd do Wallace and Gromit, sou um grande fã de animação, sobretudo da Aardman e comprei por ser o Wallace and Gromit, foi um impulso no supermercado. Ao chegar a casa fiquei extremamente desiludido ao abrir a caixa - continha apenas o dvd, nem um livrinho, nada. A minha vontade foi ir lá devolver e sacar posteriormente da internet, mas não o fiz, e ainda nem sequer o vi, está ali à espera. Fiquei amuado! Por outro lado há um exemplo clarissímo e que deve ser seguido, apesar de não ser um disco recente: quem não se lembra do álbum Pulse dos Pink Floyd? E da sua luzinha a piscar? É um exemplo de um cd que não faz sentido ter a cópia. Outra solução que aponto, e esta mais polémica, é criar uma taxa como existe para a televisão e lixo, desta vez na factura do ISP que reverteria a favor das associações de direitos de autor, tornando assim legais os downloads.Claro que há interesses que impediriam essa realidade, é o caso das lojas de música legais, como a Itunes e o AllMp3s (este último de uma legadidade muito fronteiriça). Haveria também logo vozes, que mesmo que sejam os que mais downloadas fazem se iriam insurgir contra o facto de haver taxas, é sempre assim. Mas esta era uma ideia que devia ser tomada em conta. Os artistas deviam ser cada vez mais independentes das editoras, que são as que realmente lucram com as vendas dos cds. O download ilegal só ajuda as bandas a terem os concertos cada vez mais cheios e a terem cada vez mais datas, na medida que mais gente as conhece. O dinheiro de um cd dá para praticamente ver um espectáculo ao vivo. É evidente que o cd está a morrer (para mim foi sempre um formato sem carácter) e o mp3s está de boa saúde e recomenda-se, apesar de se sentir a falta do suporte, é sem dúvida um formato frio, mas indiscutivelmente prático, comprar um cd para depois o passar para o iPod (ou similar) pra mim não faz sentido, a não ser que a capa valha mesmo a pena, hoje em dia só isso, ou uma adoração muito especial pela banda, me faz gastar 20 euros por um cd (retiremos daqui a MPA). É altura de reflectir profundamente sobre isto, e a forma indicada de actuar não é perseguir aqueles que apenas querem ter acesso à cultura, é sim torná-la cada vez mais acessível e encontrar meios alternativos de financiamento. Pois quem procura cultura...NÃO É LADRÃO!

16Pessoas cantarolaram ao som desta música:

At 4/05/2006 08:15:00 AM, Blogger Elionor said...

Estou de acordo contigo, de facto a polémica começou pelas editoras, que são as que vêem perder o seu negócio. Para os artistas pode ser uma perca em vendas de cds, mas que percentagem tira realmente um artista dum cd (que muitas vezes não vale a pena nem comprar)??!! Os artistas vivem (e alguns muito bem) dos concertos, e os downloads (i)legais, nesse sentido, são mais uma ajuda que outra coisa...

 
At 4/05/2006 11:49:00 AM, Blogger Fausto said...

Pois é, tino... A ganância de certos artistas tolhe-lhes de tal modo o pensamento que se esquecem que eles passariam completamente ao lado das pessoas se a sua obra não fosse obtida de forma gratuita. Porque nós adoramos gozar com as músicas deles, mas pq são grátis, eu nunca gastaria dinheiro nisso!!! (ok, gastaria.. mas é melhor dizer que não para manter a coerência..)

 
At 4/05/2006 11:50:00 AM, Blogger Cliente Zézinho said...

Eu desde que faço downloads na Net (legais e ilegais) compro ainda mais CD's porque normalmente chega-nos músicas que não se houve na rádio e que de outra forma não chegariam até nós. Depois de ouvir uma ou duas ou três músicas de determinado artista na Net e gostar, aí vou comprar o álbum. Por isso acho que até deviam agradecer a quem divulga essa música. Além disso há o elevado preço dos CD's...

 
At 4/05/2006 12:19:00 PM, Anonymous Anónimo da Silva said...

Confessa. Compraste o DVD do Wallace & Gromit porque o Markl gosta daquilo e queres ficar bem. Gostas tanto que nem sequer o viste.

"Sinto que faço serviço público, ajo de boa fé, sem ter como objectivo o lucro."

LOLOLOLOL!!!

 
At 4/05/2006 01:05:00 PM, Blogger Tino_de_Rans said...

Anónimo da Silva n fales do que n sabes... Já cheguei a fazer uma curta de animação em plasticina, o gosto pela animação é muito mais antigo que a amizade com o Markl...

 
At 4/05/2006 04:20:00 PM, Anonymous ra said...

o problema é sem duvida das editoras, porque a musica de qualidade vai sempre vender. nos ultimos anos tem aparecido bandas em que nenhuma editora quer pegar, no entanto estas não ficaram de braços cruzados, através da blogs e do download p2p conseguiram promover o seu trabalho, atingir o seu publico alvo e o devido reconhecimento, só depois surgiu o interesse das editoras... só como exemplo deixo aqui alguns nomes, Arcade Fire, Artic Monkeys, Clap Your Hands And Say Yeah.

 
At 4/05/2006 04:44:00 PM, Blogger Tino_de_Rans said...

São essas as bandas da nova geração, as bandas que primeiro surgiram na internet e só depois surgiram nas rádios. Os Arcade Fire por exemplo, o álbum nunca teria saído na Europa se não fosse a música ter-se tornado bastante conhecida através da Internet. Apareceu na Europa um ano depois de ter saído no Canadá.

 
At 4/05/2006 07:10:00 PM, Anonymous #andRé said...

Sem duvida k concordo ctg e relembremos o caso dos GRANDES arctic monkeys k disponibilizaram o seu cd na net previamente dando a conhecer o seu som,qd o cd saiu foi o disco mais vendido de sempre no reino unido no espaço de uma semana...


props & keep up the good working

 
At 4/05/2006 09:08:00 PM, Blogger Nuno said...

Não podia estar mais de acordo. No meu blog também postei qualquer coisa sobre o assunto.

 
At 4/06/2006 01:39:00 PM, Anonymous Unabomber said...

E gravar filmes da televisão para VHS? Tb n será crime? O princípio (na minha opinião) é o mesmo. Desde quen sejam para venda n vejo problema absolutamente nenhum...

De qq forma essas "queixas" n dão em nada. Estas queixas n dão em processos nos tribunais. Podem (se receberem a cartinha) arranjar um advogado e processar a própria entidade que vos enviou a "cartinha" juntamente com a empresa que usam para seviços de internet (ex:Netcabo, etc). Como é que eles sabem aquilo q vocês sacaram da net? Isso é ilegal. Cada um tem o direito de visitar as páginas que quer sem ninguém ter nada a ver com isso. Viola-se o direito de privacidade.

Eu quero q me enviem uma "cartinha"

 
At 4/22/2006 03:56:00 PM, Anonymous Dj Martell said...

Vejam o depoimento de alguns "artistas" portugueses!

Artistas Portugueses Original:http://www.pro-music.com.pt/artistsspeak/videoap.htm

Artistas Portugueses "Martellado": http://www.youtube.com/watch?v=6k-IOaUCZwc

 
At 4/23/2006 12:04:00 PM, Anonymous Anonymous said...

ao contrario daquilo que se pensa não sao as editoras que lucram porque eu sei que os cds saem das editoras a preço banana mas depois chegam ao mercado muito caros. As pessoas que realmente lucram sao os feirantes, os donos de lojas de musica,etc..... e artistas e editores nao ganham quase nada!!!

 
At 4/24/2006 01:42:00 PM, Anonymous Anonymous said...

cada um interpreta a coisa como quiser. Mas o facto e que bandas atraves das editoras produzem musica, e eperam ser pagas por isso. Eles podem pedir o que quiserem, assim como qualquer um de nos pode vender uma hora do seu trabalho por 5000 euros.Pode e' nao encontrar comprador. O que nao e honesto e dizer que um produto e muito caro e por isso vou ficar com ele de graca. O preco e estabelecido por quem vende e o comprador se nao esta de acordo gasta o seu dinheiro noutro lugar. Eu as vezes tambem faco downloads piratas mas pelo menos reconheco que estou a roubar! Se bandas querem disponibilizar a sua musica de graca na internet isso e la com eles. E simples , por exemplo eu agora sou um pintor e pinto um quadro e ponho-lhe o preco de 1000 euros, um de voces chega a minha galeria e pensa "ah isso e muito caro, isto nao vale 1000 euros , vou mas e leva-lo de graca"

 
At 4/24/2006 06:29:00 PM, Anonymous Anonymous said...

a editora nao faz o trabalho antes de apresentar uma tabela de preços e so compra que ker.......... quando vais a uma loja e pedes para ver uma coisa antes de comprares perguntas o preço.... e so compras se quiseres.... e axim kem compra uma cd n imagina o trabalho k ele deu!!! a gravação, a masterização, o disnger da capa, a impressão de cd`s e cassetes, a duplicação dos mesmos e nao e tudo. é preciso pedir autorisações para a spa (sociedade portuguesa de autores) e tudo isto e mto custa muito dinheiro.... para k este trabalho tdo? para depois os cds serem piratados??? vejam tb o lado dos editores e dos artistas n vejam so o vosso!

 
At 9/10/2006 05:22:00 AM, Anonymous olhó said...

Deve estar mal querem ver. Viva o ilegalidade sem complexos

 
At 6/12/2008 06:52:00 PM, Anonymous Anonymous said...

festa k e festa e nas taskinhas da praia da granja( sao felix da marinha) vila nova de gaia e ja é este fim de semana dias( 13 ,14 e 15 de junho.
com a presença de claudisabel no sabado. vem e traz uma amigo.
vem ver o k e um arraial pimba do melhor

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

eXTReMe Tracker