9/05/2006

O MAXIME NÃO PODE FECHAR

Estamos em Portugal, país pequeno, de mentalidades igualmente pequenas. E o sucesso faz muita urticária a certas pessoas, que sempre que vêm alguém com ideias novas, tentam que essas ideias ou não vão para a frente ou então que a sua duração seja curta. É o caso do Maxime, bar de Manuel João Vieira, mítico vocalista dos Ena Pá 2000, e que para quem não conhece, é um bar com uma programação bastante alternativa, responsável pelo rejuvenescer de José Cid, e por onde passaram bastantes nomes conceituados da nossa música. O espaço é único, um verdadeiro cabaret, com uma decoração kitsch que faz as delicias por quem lá passa. Mas ao que parece há gente que não gosta, e está empenhada em fechar este espaço único em Portugal.
Sempre com a desculpa do barulho, o Maxime tem-se visto obrigado a transferir os seus espectáculos para o cnema São Jorge, e precisam de fazer obras para isolar o barulho. O presidente da CM de Lisboa já disse que não ajudava nas obras, mesmo sendo ele um cliente do Maxime, pois estava na fila da frente quando o Cid lá actuou. Parece que um espaço com tanta história não merece uma ajuda para continuar a ser um marco na noite lisboeta. Parece-me que há aqui muitas prioridades trocadas, mas o Maxime não pode fechar, seria muito mau, e espero sinceramente que o Manuel João Vieira consiga manter este projecto.

15Pessoas cantarolaram ao som desta música:

At 9/05/2006 02:34:00 PM, Anonymous Zé Pedro said...

A desculpa do barulho. Não será complicado para quem por ali mora viver com o mínimo de qualidade de vida? Vamos ser razoáveis e ponham-se no lugar dessas pessoas. É o barulho do estabelecimento, é o barulho à porta, é o barulho de quem de lá sai já menos "católico", etc, etc, etc. Ainda há leis para respeitar em Portugal.

 
At 9/05/2006 03:02:00 PM, Blogger punhetasx said...

(Este comentário nao tem nada a ver com o Maxime.)

Não sei se voces foram este ano à festa do avante, mas tem lá um espaço chamado "Feira da Ladra" que vende muita tralha usada com uma certa piada!

Inclusive, vejam só, dezenas de cassetes audio, com aqueles artistas mais refundidos do nosso Portugal Profundo! Acreditem no que vos digo: só raridades! Mesmo daquelas músicas e daqueles artistas que passam aqui pelo Portal Pimba!

Comprei 3 cassetes!
Cada uma custou-me a módica quantia de 25 cts!!! Em bom estado! (funcionam todas!)

Por isso, pro ano já sabem!

Ah! E é claro que a festa do avante tambem tem um palco arraial! Inúmeros concertos de musica popular! (não muito pimbas, é justo dize-lo!)

hasta!

 
At 9/05/2006 04:44:00 PM, Blogger Irredutível said...

Pa, só punha os pés no Avante para lá por uma bomba ou coisa do genero.

Quanto ao Maxime, têm que se respeitar os moradores, mas é uma pena aquilo ter que fechar...

 
At 9/05/2006 05:25:00 PM, Anonymous manel das nespras said...

punhetas, a publicidade tem locais próprios para se fazer, o pessoal aqui pode ser simples mas não é estupido, esso do "comprei uma cena mta fixe, mm mta fixe, e o preço é tal, e tb há espetaculos de..." não pega assim tão facilmente.
quanto ao maxime, tenho, de facto muita pena, é história viva, mas não creio que tenham que ser os vizinhos ou a cml (seus contribuintes, já que oo dinheirinho não cresce nas arvores) a pagar a factura ou a sofrer as consequencias.

 
At 9/05/2006 08:03:00 PM, Blogger mariana said...

que básicos...entao o irredutível anormal, sinceramente...obrigada, punhetasx.

 
At 9/05/2006 10:55:00 PM, Anonymous Homem do Talho said...

as tantas eram cassettes gamadas pelos pretos numa gasolineira qq.

 
At 9/06/2006 01:38:00 AM, Anonymous 1700 said...

Mariana fode-te puta do caralho, és a típica bimba comuna que acha que quem não é do PCP é da "reacção" e mais não sei do quê. Aprende a respeitar e serás respeitada.


Avante=merda.

 
At 9/06/2006 02:25:00 AM, Anonymous manel das nespras said...

engraçado, quem adverte para falta de adequação de um post, para um uso abusivo deste espaço, de uma forma até bem leve é logo insultado.
é o costume, quem não é da opinião deles, quem não segue cegamente as suas orientações, para quem não é sagrado (perdão sagrado não) o que os seus perfeitos líderes dizem, é passivel de ser insultado porque... sim!
e depois ainda mandam bocas sobre democracia e liberdade...

 
At 9/06/2006 11:37:00 AM, Blogger frank said...

"Aprende a respeitar e serás respeitada."

No inicio:

"Mariana fode-te puta do caralho..."

Foda-se anda tudo tolo! Dever ser o efeito fim de férias... para quem as tiver...

 
At 9/06/2006 12:19:00 PM, Anonymous metalhead said...

hermmm...estes posts tao muito engraçados! ideais politicos,misturados com intolerancia, para comentar um artigo sobre..um bar(ou o encerramento deste)!! em vez de se preocuparem com a perda de um grande estabelecimento d lazer, tao tipico da noite portuguesa, mandam-se bocas "ah, o comunismo é merda"; "e a direita é um cagalhao!" Por amor d deus!!! que cambada d canalha!enfim...

em relaçao ao Maxime, é com pesar que recebi esta noticia,mas se realmente está a prejudicar o bem estar dos moradores das imediações e não há dinheiro para fazer obras ou reestruturar o bar, tem que se cumprir a lei! A lei é dura,mas é para cumprir!

 
At 9/06/2006 12:20:00 PM, Blogger Migas-o-Sapo said...

Degradante... fecho do Maxime... pretextos usados... políticos hipócritas... o nível a que estes comentarios chegaram... degradante...

 
At 9/06/2006 10:52:00 PM, Blogger mariana said...

puta ou não, tenho direito à minha opinião.
e para mim é básico partir para o exagero e insulto só porque se diz que se comprou cassetes seja onde for.
básico é querer por bombas só porque não se tem a mesma opinião que os outros.
básico é também achar que todos os comments são resposta a comments anteriores e não ao post em questão.
finalmente, básico é fechar um espaço como o maxime quando cada vez mais faltam alternativas assim.

 
At 9/07/2006 10:02:00 AM, Anonymous Arrebenta Velhas said...

Se é básico, muda de casa para perto do Maxime ou de outro bar ou discoteca. Vais ver como tens animação a noite inteira, mesmo quando tiveres soninho. Dassss, que mentalidade. É como os desalojados das barracas. Coitadinhos deles, mas desde que não venham morar para o nosso prédio, não é?
Que geração mais hipócrita. Defendem-se ideais porque está na moda.

Tenho direito a fumar para a fronha dos outros, tenho direito a fazer barulho quando me apetecer, tenho direito ao que me apetecer. Os outros não têm direito a paz e sossego. De repente, os direitos das minorias sobrepõem-se aos da maioria. Também nunca houve tantas minorias. Há os pretos, os brancos, os ciganos, os que fumam, os drogados, os que bebem, os que gostam de bife, os que não gostam, os que... E todos querem o seu espaço. Eu gosto de mocar. Posso ter uma sala de sexo só para mim?

 
At 9/08/2006 05:48:00 AM, Anonymous arnaldo toy said...

dureza... muita dureza, calma rapazes e raparigas...
atao carago ?

eu trabalho na noite e sei bem dos malabarismos que se fazem para fechar locais na noite...
nao conheco o dito bar , ja que eu vivo mais a norte, mas pergunto eu:
so agora incomodou ? so agora vai fechar devido ao barulho ?
e o unico bar na zona ? e se nao e o unico na zona sera que as regras sao iguais e compridas por todos ?
no pais de cunhas em que vivemos nao e facil abrir um bar, mas fecha-lo parece que sim... basta ter dinheiro e conhecimentos...
grande vieira... chaves curte-te...

 
At 9/19/2006 11:50:00 PM, Anonymous jtmartins said...

fechar o maxime por causa do barulho seria o mesmo que fechar o fontoria pq o sr. da porta ja tem uma idade avançada. no minimo ridiculo.

conheço bem a zona, ia (nos meus tempos de vadiagem) bastantes x's ao fontoria e se o maxime faz barulho já-o faz a uns bons anos.

pq é que nao fecham igualmente locais onde a podridao e dona e senhora? pq tentar fechar o maxime?

um bem haja a todos!

(qto a venderem cassetes no avante, no minimo surreal essa pseudo visita-guiada.)

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home

eXTReMe Tracker